Misturando!

Olá minhas leitoras queridas!
Postei a foto da misturinha fofa lá na minha galeria no Flickr e foi sucesso absoluto: todas as bonitas queriam aprender a fazer e me mandaram recadinhos com dúvidas e elogios (são umas fofas mesmo!!!) e eu prometi um ‘tutorial’ com todo o processo. Escolhi o azulzinho fofo, mas vocês podem usar esse mesmo passo-a-passo para criar qualquer outra cor! Para fazer uma misturinha não existe segredo. É um vidrinho vazio, as cores necessárias e muuuuuita paciência para chacoalhar o vidro para misturar tudo! Modo de fazer:
01. Marque as medidas com a régua: 1,5 cm para o Pétala Branca + 0,5 cm para Vidrilhos;
02. Coloque o Pétala Branca até a medida de 1,5 cm;
03. Acrescente o Vidrilhos até a marquinha de cima;
04. Coloque 5 gotinhas do Azul Cobalto, contadas com o pincel;
05. Coloque 9 gotinhas do Amarelo Real, também contadas com o pincel.
Acrescente mais ou menos 10 gotas de óleo de banana (ou do seu diluente de esmaltes preferidos e misture bem até que fique tudo homogenizado e sua misturinha está pronta!

Eu não tenho nenhuma fórmula mágica para misturinhas. É muito simples, de verdade! A única coisa que eu notei, é que deu uma diferença na cor. Talvez seja por conta do vidrinho, já que na misturinha original, eu usei um vidro de Risqué e para o tutorial eu usei um de Colorama, que era o único que eu tinha vazio aqui. Se possível, usem um vidrinho de Risqué também! Espero que tenham gostado e se restarem dúvidas estou à disposição! 😉

Anúncios

Uma misturinha fofa!

Quando comecei a fazer essa misturinha, eu queria algo parecido com o Nouvelle Vague, da Chanel. Na hora de misturar as cores, eu parei quando cheguei nesse tom, porque ficou tão lindo e único, que eu não tive coragem de acrescentar mais nada! A receita:
Em um vidrinho vazio coloque 1,5cm de Pétala Branca, da Colorama. (Usei um vidrinho da Risqué, que tem 4cm de altura). Acrescente 0,5cm de Vidrilhos, da Risqué, fazendo com que fique um branco com microbrilhos.
Coloque 5 gotas de Azul Cobalto, da Impala, e misture. Agora é hora do amarelo: 9 gotas de Amarelo Real, da Risqué. Para finalizar, 10 gotinhas de óleo de banana e misture bem. O tom de turquesa dessa misturinha fica impercetível.
Se quiser que fique mais esverdeado, é só ir colocando gota por gota do amarelo e misturar, tomando cuidado para que não fique totalmente verde.
Quando a mistura ficou pronta, eu não fiquei satisfeita com a quantidade de microbrilhos, e resolvi colocar mais Vidrilhos! Aí sim ela ficou perfeita!!
Uma cor bem clarinha, totalmente agradável aos olhos! 🙂

Vamos misturar?

Dia desses eu queria um esmalte amarelinho, bem pastel, bem delicado, e cadê que eu achava para comprar? Pesquisei, fui em lojas de cosméticos, e nada. Não encontei o bonitinho em lugar nenhum. Aí, enquanto eu procurava por ele nas prateleiras, eu pensei em fazer uma misturinha, já que não ia sair da loja com o meu amarelo pastel! E o resultado foi esse: Ele ficou do jeitinho que eu tinha imaginado antes de começar a misturar *-*. E a receita é super simples, querem ver?
Eu não queria um esmalte tão concentrado e cremoso, como o tom pastel que a gente normalmente encontra por aí… queria um esmalte que fosse fácil de passar, que não ficasse tão grosso e que não manchasse. Misturei, então, Pétala Branca e Leite de Coco, ambos da Colorama, para fazer a base branca nem tão concentrada e nem tão aguada. Pode trocar o Leite de Coco pelo Paris, da Risqué. Depois eu comecei a dosar o amarelo, aqui Amarelo Real, da Risqué (dá para trocar pelo amarelo da Colorama ou o da Big Universo, desde que seja amarelo vivo, no problem!), até ficar no tom pastel que eu tinha em mente. Na hora de colocar o amarelo, tem que ter bastante cuidado porque uma gotinha a mais do que o necessário, vai fazer ele continuar amarelão igual ao utilizado para misturar, então, vá devagar! Coloque umas 3 gotinhas e misture, se ficar muito clarinho coloque mais uma e assim vai!
Já usei 2 vezes e ficou muito fácil de passar. Três camadinhas para que o acabamento fique mais bonito e pronto!

Ps: Depois de fazer a misturinha, fomos bombardeadas com amarelinhos lindos: A Big Universo lançou o Tropical, a Ana Hickmann lançou o Belini, e tem mais um monte espalhado por aí hahahaha, e como eu já tinha feito o meu, fiquei só com ele mesmo!
Até amanhã! =)

O Mistério da Misturinha!*

Fiz esse post pensando especialmente na minha professora (a Flavia!) e essa misturinha é um caso sério! Não tem uma pessoa que não pergunte “Que esmalte é eeeeesse???”, e eu respondo “Não sei =S”. Deixa eu me explicar antes de mostrar qualquer foto: quando eu comprei os esmaltes para fazer, na minha cabeça eu tinha um roxo forte com um fundinho azul, que ficasse escuro, bem escuro, só que durante a primeira tentativa ficou muito azul, acrescentei mais esmalte branco, e ficou azul claro, aí eu peguei a caixa com os meus esmaltes, e fui colocando tudo o que faria com que a minha misturinha ficasse com o roxo aparecendo mais do que o azul, o resultado: eu misturei uns 3 tons diferentes de roxo ali, e mais uns 2 esmaltes brancos, para que não ficasse tão difícil de passar. Sem contar que eu acho que coloquei mais de um azul e por aí vai. Até aqui tudo bem, o vidrinho ficou quase cheio, então daria pra eu usar bastante, sem me preocupar, porque o esmalte não ia acabar tão cedo. Ledo engano!!! Todo mundo quer, porque sabe aquele esmalte que a gente passa, e não consegue parar de olhar para as unhas? Ele é assim! E aí muita gente pediu pra passar a misturinha e eu deixava numa boa (afinal, o vidrinho ficou cheio!), até que a minha professora me intimou a fazer um vidrinho para ela! Oo  Leia mais!