Unhas roídas: será que tem solução?


Vocês já ouviram falar de “Onicofagia”? É o nome dado ao hábito de roer as unhas! Seja por ansiedade, nervosismo, falta do que fazer, esse hábito faz parte da vida de milhares de pessoas, e a grande maioria delas não consegue parar nunca!

Que tal tentar se conscientizar e deixar esse hábito de lado agora mesmo? Vou passar algumas informações que podem ser úteis:
• O simples gesto de levar os dedos à boca causa a ingestão de germes e bactérias que vão direto para o seu organismo, já que as nossas mãos ficam em contato diário com infinitos objetos que, por sua vez, estão cheio de germes e bactérias.
• Quando acaba a unha, o que você faz? Começa a roer a pele e as cutículas, não é? Pois bem, isso causa ferimentos que podem infeccionar e deixar a região sensível e suscetível à mais germes e bactérias.
Sangra!
• Com os dedos machucados, o uso das suas mãos fica limitado, já que o que quer que encoste no ferimento, causa muita dor.
A saliva enfraquece as unhas!!! (Sim, meninas!!!! EN-FRA-QUE-CE!!!!) Por ser ácida, a saliva é muito prejudicial à saúde das nossas unhas e, além de fracas, elas ficam doloridas, sensíveis e não crescem.

E ainda existem muitos outros fatores prejudiciais e casos gravíssimos de gente que chega a perder as pontas dos dedos (pesquisem no Google imagens de unhas roídas e vejam os mais variados graus de Onicofagia!).
O tratamento para a Onicofagia pode ser feito em casa, se for um caso mais simples, com o uso de soluções para unhas roídas, compradas em lojas de cosméticos. Se o caso for mais grave, é melhor procurar ajuda profissional. Um médico especializado pode prescrever remédios para a ansiedade e, se for o caso, indicar até terapia.

Algumas dicas para dar os primeiros passos e começar a parar de roer as unhas hoje mesmo:
Mantenha as unhas feitas. Escolha um esmalte bonito e faça as unhas semanalmente. Quando as cutículas estão bem cuidadas e a esmaltação é bem feita, fica mais fácil se controlar e evitar levar o dedo à boca.
• Controle o cérebro. O cérebro precisa de 21 dias para se adaptar à mudanças, seja para mudar um hábito ruim ou adquirir um hábito novo (como a prática de exercícios físicos, por exemplo!). Se você decidiu mudar um hábito hoje, tenha foco e persistência.
• Procure uma atividade que te dê prazer. Trabalho artesanal, dança, musculação, ou até mesmo estudar. Quanto mais ocupada estiver a cabeça, menos vontade de roer as unhas.
• Produtos específicos, como aquelas soluções para unhas roídas são uma ótima alternativa. Geralmente, eles possuem gosto ruim e auxiliam no processo.
• A Colorama tem uma base, da linha NutriBase, especializada no crescimento das unhas. O nome é “NutriBase Pró-Crescimento” e ela faz com que as unhas cresçam mais rápido. Eu já usei e posso comprovar o resultado. Sempre notei um crescimento mais rápido das unhas quando eu aplicava essa base antes do esmalte. Se suas unhas crescerem mais rápido e estiverem sempre bem cuidadas, fica mais fácil parar de roer.
• Em conjunto com a dica anterior, invista em uma alimentação saudável. Uma dieta rica vai ajudar a melhorar o aspecto das unhas e cabelos, fazendo com que cresçam mais rápido e saudáveis, e, de quebra, a pele fica muito mais bonita.
Unhas de gel/porcelana. Se o problema persiste, vale apelar para a aplicação de unhas de gel, ou porcelana, já que esse processo deixa as suas unhas escondidas e faz com que elas cresçam por baixo da unha “falsa“. Mas tome cuidado: Unhas de gel/porcelana não devem ficar coladas por longos períodos, já que elas podem prejudicar a estrutura das suas unhas.

E, além de tudo isso, o segredo é encontrar a causa do problema, se é por ansiedade, se é um Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), se é consequência de algum problema emocional, e buscar o tratamento mais adequado!
Disciplina, meninas, é a palavra-chave para quem quer parar de roer as unhas e deixá-las lindas, fortes e saudáveis!!!

See you!
:*

Anúncios