Sobre parar de tirar as cutículas e esmaltação americana – Parte III

Olá florzinhas!
Talvez esse seja o último post da minha saga com as cutículas. Sim, porque eu desisti! Na segunda parte dessa história, eu contei que no dia 27 de julho eu decidi tentar de novo: fiz todo o processo sem tirar as cutículas e esmaltei com o Patins, da Impala. Aí, depois, dia 03 de agosto eu não tirei de novo e passei Audrey + Iridium. No dia seguinte, eu notei que encheu de bolinhas, tirei e passei o Balada, da Ana Hickmann. Dia 06 de agosto, eu ia só trocar de esmalte, mas acabei tirando as cutículas e passei o Destino, da BU (que é um ESCÂNDALO de lindo!).

E é isso! Acho que não tento mais. Sei que é muito mais saudável, que as cutículas não foram feitas para serem removidas, mas não dá. Com uma semana sem tirar, eu já ficava com a sensação de que elas iam tomar conta de toda a unha hahahahaha. Agora eu hidrato sempre, deixo as mãos na água por mais tempo, para que as cutículas fiquem bem macias, depois empurro levemente com a espátula e começo o trabalho com o alicate, sem pressa e com muuuito cuidado!
Talvez um dia eu tente de novo, mas agora não hahahahaha!
Um dia! 😉

xoxo ladies.

Anúncios